Os Segredos da Juventude

Os Segredos da Juventude

Estudos recentes ajudam a definir os sinais visuais do envelhecimento, ajudando-nos a trabalhar para manter efetivamente uma pele jovem.

Existem muitos aspetos positivos sobre o envelhecimento. À medida que envelhecemos, torna-mo-nos mais sensatos e mais experientes, tendemos a ter uma abordagem mais racional com base na lógica e no julgamento cuidadoso. Além disso, com a idade tornamo-nos menos dependentes das opiniões de outras pessoas e por isso é mais fácil focarmo-nos no que realmente interessa.

Se ao menos a idade não tivesse efeito na nossa aparência, e especialmente na condição da pele! É impossível impedir este processo, mas reduzi-lo significativamente e manter a pele jovem durante mais tempo é possível – e à medida que a ciência avança diariamente, torna-se mais fácil.

Segundo Holly Greenfield, especialista em cuidados do rosto da Oriflame:

“Uma mulher com cerca de 35 anos poderá subitamente notar alterações no rosto nas quais nunca tinha reparado. Claro que estas alterações não acontecem da noite para o dia, mas podemos fazer tudo o que quisermos para minimizar os danos ao colagénio da pele, de forma a estimular a sua produção e a reduzir a profundidade das nossas primeiras rugas.”

Quando falamos sobre a pele envelhecida, geralmente referimo-nos os sinais exteriores: rugas, pele seca, que aumentam com a idade, vermelhidão, tez irregular ou manchas escuras.

A principal abordagem científica dos cuidados do rosto é avaliar exatamente quais os sinais de envelhecimento que mais influência têm em fazer-nos parecer mais velhos. Podemos combatê-los através de procedimentos ou produtos de cuidados do rosto.

Na Oriflame, os especialistas desenvolveram um método inovador de pesquisa para a avaliação visual da idade da mulher: Age Reflect. Este estudo tem três fases. Na primeira fase, foram tiradas fotografias em grande plano dos rostos das mulheres com ajuda de um dispositivo conhecido por Visia, que é utilizado para a análise integrada da pele e da tez, mas também ajuda a revelar os sinais típicos do envelhecimento.

De seguida, cada imagem é avaliada por especialistas de forma a determinar os sinais de envelhecimento comparados com a idade dos participantes. Por último, as mesmas imagens são avaliadas por membros independentes do júri para determinarem as idades das mulheres nas fotografias.

Cuidados do Rosto

Esta combinação para calcular a idade visual e a idade real, juntamente com os resultados dos grupos de foco e análise especializada, permitiu a estes especialistas determinarem exatamente quais sinais de envelhecimento têm o impacto mais forte na perceção visual da idade. Usaram estes conhecimentos para desenvolverem novas soluções inovadoras e cuidados do rosto eficientes.

Uma das prioridades do centro de pesquisa Oriflame é trabalhar na área das células estaminais vegetais. O Diretor do Centro de Pesquisa da Pele, Alain Mavon, afirma: “No decurso da pesquisa, descobrimos que as células estaminais vegetais têm fortes efeitos na pele. Desenvolvemos um inovador complexo com peptídeos – moléculas de aminoácidos – que penetram a pele e despoletam a síntese do colagénio. O resultado é um produto com ação dupla: a primeira ajuda a aumentar a produção de colagénio da pele em 200%, enquanto a segunda previne a destruição do colagénio nas células, ‘puxando’ as rugas de dentro para fora.”

O mais recente objetivos dos estudos tais como Age Reflect é ajudar as pessoas a encontrarem os produtos de cuidados do rosto adequados para si. A Oriflame usa a tecnologia à sua disposição para criar produtos que permitem às mulheres parecerem até oito anos mais jovens, de acordo com uma avaliação independente do grupo de foco... significando isto que é possível desfrutar de todos os aspetos positivos da idade, sem o respetivo impacto visual.

Fonte: oriflame.pt

Sem comentários